Publicado em

Deficiência De G6PD X Escola (Hora Da Lancheira)

Olá mamães, quando falei que o Arthur começou a ir pra escolinha recebi muitos e-mails de pais querendo saber o que eu faço pra merenda dele, como é esse processo e como eu estou lidando com a probabilidade dele comer um pedaço do lanchinho do amiguinho que pode ser restrito.

Hoje resolvi falar um pouco sobre esse tema.

Primeiro vou contar como preparo o lanche do Arthur, o que ele costuma levar, e dicas do vocês podem mandar para a merenda dos pequenos.

Eu vejo o momento da merenda escolar como o lanche da tarde de todos os dias que ele fazia em casa antes de ir pra escolinha e como faz todo fim de semana. Como nos lanchinhos da tarde aqui em casa o costume é sempre bolo, biscoito, pãozinho, torrada, frutas, iogurte batido com fruta, sucos, leite, leite com chocolate resolvi manter essa rotina também na merenda escolar, como na escola dele somos nós pais que montamos o lanchinho que vai pra escola eu não vi necessidade alguma de mudar essa rotina alimentar, cada dia da semana ele leva o que já era de costume comer no lanche da tarde em casa.

Pra que manda biscoito recheado se em casa ele não o costume de comer tais biscoitos? Pra que mandar refrigerante se nem em casa ele bebê isso? Bala, pirulito, doces nada disso faz parte da rotina alimentar do Arthur, então preferi respeitar essa rotina e seguir com a mesma alimentação também na escola.

Claro que pra quem é adepto a tais alimentos não precisa mudar radicalmente só por que eu não dou ao meu filho, a dica para quem tem esse costume é sempre optar pelos alimentos com corante natural temos diversos biscoitos recheados e guloseimas com corante natural nos arquivos do grupo Mães G6PD no facebook tem um álbum e uma cartilha de dicas para quem quiser seguir.

Voltando ao nosso cardápio vou tentar montar aqui uma tabelinha de como faço com a merenda do Arthur.

Segunda: Biscoito cream cracker com requeijão e leite

Terça: Biscoito caseiro (ou maisena) e suco natural (que ele escolher)

Quarta: Bolo caseiro (ou bolinhos estilo maria) e suco natural (que ele escolher)

Quinta:Bisnaguinha com queijo, leite com chocolate e uma fruta (na escolinha dele as quinta é quinta da fruta)

Sexta: iogurte batido com fruta, biscoito caseiro (ou maisena)

Bom, não é necessariamente nesta ordem que mando, mas é basicamente esse os alimentos que envio para o lanchinho da merenda.

Uma dica não é toda semana que consigo fazer os biscoitos caseiros e bolos, então quando não tenho tempo costumo mandar cream cracker, maisena ou biscoito de leite maltado (famoso biscoito da vaquinha) todos da marca piraquê por saber que são todos eles liberados e livres de corantes. No caso do suco quando a fruta acaba ou na correria não consegui preparar uso kapo ou Vig duas marcas industrializadas sem corante artificial.

A dica mais importante que dou é seguir sempre uma alimentação mais saudável livre dos industrializados, quanto menos industrializados eles consumir é um bem que fazemos para a saúde deles independente da Deficiência de G6PD certos alimentos não fazem bem nem para os adultos imaginem para uma criança?

Espero ter ajudado e em breve farei mais post sobre Deficiência de G6PD x Escola. 😉

 

lanchinho

Compartilhar
Publicado em

Deficiência De G6PD X Escola (Tinta Guache/Canetinhas…)

Olá mamães!!

Meninas quantas duvidas né? Quando o assunto é escola/creche o que não falta é assunto, por isso hoje vamos falar das famosas tinta guache, canetinhas e massinha de modelar.

Hoje lá em casa teve uma pequena farra com tinta guache, o Arthur a prima e o amiguinho passaram a manhã pintando em cartolina com tintas guache e como toda criança que esbanja saúde e criatividade a pintura saiu do papel para o corpo rs. Uma brincadeira gostosa de se ver, mas que assusta alguns pais pelo fato das restrições aos corantes artificiais, e como tinta guache, canetinha e massinha de modelar fazem parte da rotina escolar de toda criança fica sempre aquela pulga atrás da orelha e ai? Pode ou não pode?

Então responde a pergunta que não quer calar, pode sim!!! E pode muitoooo! Rs

A tinta guache a as cenetinhas ainda que fique muito tempo na pele elas não foram fabricadas com a capacidade de absorção pela pele, justamente por serem itens que não devem ser absorvidos, mas ai vem aquela duvida, e se por na boca e se acidentalmente a criança pintar língua e dentes (o caso do Arthur hoje que resolveu colorir os dentes e a língua kkk) ?

Pensando nisso eu resolvi buscar os componentes que são usados para fabricar esses produtos, e para NOSSAAAAA ALEGRIA descobri que os componentes usados na fabricação tanto da tinta guache como das canetinhas são os famosos PIGMENTOS INORGÂNICOS  que são liberados para Deficiência de G6PD, ou seja, mesmo que a cria arteira como o meu pequeno Arthur resolva colorir os dentes quanto a G6PDD não há problema algum (claro que se deve evitar a ingestão desses produtos), então mamães e papais o cuidado é o mesmo para qualquer criança só não deixar comer kkkk.

Agora as famosas massinhas apenas as caseiras ou feitas artesanalmente nas escolas que talvez leve a tão temida anilina que é restrita, então é atenção redobrada apenas para que eles não venham comer, mas brincar e usar a imaginação está liberado! 😉

É galerinha, depois desse texto que tal pegar a cartolina, o avental, pincel, tintas e pintar o 7 com a criançada heiin?!

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar